Banner que leva para o site da Vacina.campinas.sp.gov.br
 

Perguntas e Respostas

As recomendações e orientações constantes neste documento estão em consonância com as diretrizes sanitárias vigentes e, portanto, são passíveis de revisão e eventuais alterações em função de mudanças do cenário epidemiológico da COVID-19 no município, na região e/ou no estado de São Paulo.

NÃO. A aferição de temperatura corporal nos estabelecimentos é realizada apenas com o objetivo de informar a pessoa sobre possível  sintoma de febre.

Sim, desde que adotadas todas as medidas de distanciamento, proteção e higienização da superfície de troca de fraldas.

Sim, desde que adotadas todas as medidas de distanciamento, proteção e higienização destes ambientes, bem como uso de máscaras de proteção facial por clientes e funcionários nos períodos em que não haja consumo de alimentos e bebidas.

NÃO. Estes estabelecimentos tendem a gerar aglomeração e os clientes não conseguem garantir a manutenção de todas as medidas de distanciamento, proteção e higienização previstas nos protocolos sanitários após consumo de bebida alcoólica e interação social.

Sim, desde que adotadas todas as medidas de distanciamento, proteção e higienização destes ambientes.

Parcial, desde que adotadas todas as medidas de distanciamento, proteção e higienização previstas nos protocolos sanitários.
 
Atenção:
- Não está permitida a realização de bailes dançantes, somente está permitida a realização do serviço de alimentação com o público sentado. Todos os convidados devem permanecer sentados respeitando o distanciamento.
- Não está autorizado nenhuma outra atividade de recreação ou brincadeira de forma coletiva ou que haja compartilhamento de objetos sem a devida higienização.

Sim, desde que adotadas todas as medidas de distanciamento, proteção e higienização previstas nos protocolos sanitários.

Sim, desde que adotadas todas as medidas de distanciamento, proteção e higienização previstas nos protocolos sanitários, com controle de acesso nas áreas e atividades individualizadas por unidade residencial.

São permitidos somente os brinquedos individuais e coletivos passíveis de higienização antes/após cada uso (Ex. fliperamas, roda gigante, carrossel, gangorra, gira-gira, escorregador etc.).

É proibido o uso de brinquedos individuais ou coletivos para os quais não seja viável manter as medidas de higiene antes/após cada uso (Ex. brinquedos de tecido, massinha etc.) e o distanciamento, piscina de bolinhas, “brinquedão”, cama elástica etc.).

As crianças maiores de 2 anos devem utilizar máscara, com exceção dos casos especiais (Ex.: criança com espectro autista e/ou com Deficiência Intelectual).

Lembrando que devem ser adotadas todas as medidas de distanciamento, proteção e higienização previstas nos protocolos sanitários.

NÃO. As atividades em prol destas instituições não devem envolver seus assistidos e devem ser realizadas fora das instituições, organizadas com distanciamento, uso de máscaras e higienização dos materiais.

Sim, sendo obrigatório garantir a manutenção periódica e limpeza semanal do sistema de ar-condicionado.

Observações:

Os sistemas de ar-condicionado que não possuem o recurso de renovação do ar (Ex. ar-condicionado de janela e Split), deverão estar funcionando em conjunto a ventilação natural, com portas e janelas abertas e deverão seguir as normas específicas de limpeza e manutenção do Plano de Manutenção, Operação e Controle.

Os sistemas de ar-condicionado especiais ou ligados a processo produtivo e de trabalho, tais como hospitais, salas limpas, indústria farmacêutica, entre outras, deverão seguir as normas específicas de limpeza e manutenção do Plano de Manutenção, Operação e Controle.

Na residência, onde esteja o morador suspeito ou confirmado de COVID-19, não é permitido o uso de ar-condicionado no ambiente/cômodo . A movimentação do ar pode gerar a difusão de agentes nocivos à saúde humana.

Depende.

O uso de ventiladores não é recomendado em ambientes compartilhados entre pessoas que não residam na mesma casa ou com grande circulação de pessoas.

Na residência, onde esteja o morador suspeito ou confirmado de COVID-19, não é permitido o uso de ventilador no ambiente/cômodo. A movimentação do ar pode gerar a difusão de agentes nocivos à saúde humana.

Quando o desconforto térmico for intenso, aceita-se a utilização do ventilador fixo em direção a porta ou janela forçando a entrada do ar externo, sem direcionar a pessoas.

Sim, desde que sejam esportes individuais ou coletivos com respeito ao distanciamento de 1 metro entre as pessoas com a adoção das medidas de proteção e higienização previstas nos protocolos sanitários. Apenas pessoas da mesma residência podem realizar atividades com contato, sem distanciamento.

Sim, exceto durante a prática de atividades com imersão na água. Entretanto, devem ser adotadas todas as medidas de distanciamento, proteção e higienização previstas nos protocolos sanitários.

Sim, desde que adotadas todas as medidas de distanciamento de 1 metro entre os participantes, proteção e higienização previstas nos protocolos sanitários.

A situação epidemiológica referente a circulação viral é a mesma para todas as pessoas; no entanto, as federações e confederações submeteram seus protocolos de prevenção da COVID-19 à Secretaria Estadual de Esportes com o compromisso de restringir a circulação de seus atletas, manter grupos de trabalho restritos e monitorar a situação de infecção periodicamente por meio de testes diagnósticos para COVID-19. Esta iniciativa só foi possível por se tratar de atividade profissional na qual os atletas assumem o risco do adoecimento durante o exercício de sua atividade profissional.

Não.

Não está permitido nenhum tipo de público durante a realização de jogos.

Sim, estão permitidas as atividades de hidroginástica e natação. Entretanto, devem ser adotadas todas as medidas de distanciamento, proteção e higienização previstas nos protocolos sanitários, exceto o uso de máscara dentro da piscina para atividades de imersão.

Sim, desde que adotadas práticas individualizadas e todas as medidas de distanciamento, proteção e higienização previstas nos protocolos sanitários.

Aulas de dança com contato físico (Ex. dança de salão), são permitidas desde que realizadas entre pessoas que moram na mesma residência e adotadas todas as medidas de distanciamento, proteção e higienização previstas nos protocolos sanitários.

Sim, desde que adotadas todas as medidas de distanciamento, proteção e higienização nos protocolos sanitários.

Sim, desde que adotado o controle de acesso e todas as medidas de distanciamento, proteção e higienização previstas nos protocolos sanitários, exceto o uso de máscara dentro da piscina.

Sim, desde que adotadas todas as medidas de distanciamento, proteção e higienização previstas nos protocolos sanitários.

Sim, está permitida. As atividades físicas devem ser de esportes individuais ou práticas individualizadas de esportes coletivos desde que não haja restrição médica e desde que adotadas todas as medidas de distanciamento, proteção e higienização previstas nos protocolos sanitários.

Sim. A utilização está permitida para todos desde que adotadas todas as medidas de distanciamento, proteção e higienização previstas nos protocolos sanitários.

Recomenda-se a cada usuário, levar seu próprio kit com álcool 70% e utensílio para realizar a higienização dos equipamentos antes de utilizá-lo. Bem como álcool gel 70% para higienização das mãos antes e após a prática da atividade.

Sim, desde que seja para promover treinos/atividades esportivas individualizadas e coletivas, e adotadas todas as medidas de distanciamento (1 metro entre participantes), uso de máscara de proteção facial e higienização previstas nos protocolos sanitários.

O jogo recreativo entre amigos do bairro e o jogo de várzea expõem os envolvidos à contaminação e caso tenha algum jogador assintomático na partida, ele poderá contaminar os envolvidos no jogo. Consequentemente, como estas pessoas são de profissões variadas, se tornam potenciais agentes de disseminação do vírus nos respectivos locais de trabalho, em várias partes da cidade. Além disso, essas atividades recreativas, no geral, não têm controle de acesso, promove aglomeração de torcedores em volta do campo e consumo alimentos, criando um ambiente propício a transmissão da COVID-19. 

OBS: Os critérios que estabeleceram as diretrizes para o esporte profissional são diferentes.

 

NÃO é permitida a realização de campeonatos. A prática esportiva só está permitida para realização de treinos.

Não está permitido qualquer tipo de evento esportivo. Bem como realização de campeonatos ou competições.

Sim, desde que com a adoção das medidas de distanciamento (1 metro) entre pessoas, uso de máscara de proteção e higienização previstas nos protocolos sanitários.

Sim, desde que adotadas todas as medidas de proteção previstas nos protocolos sanitários.

OBS: Não é permita a realização de campeonatos ou evento esportivo.

 

Sim, desde que adotadas todas as medidas de distanciamento (1 metro) entre pessoas, uso de máscara de proteção e higienização previstas nos protocolos sanitários.

OBS: Não é permita a realização de campeonatos ou evento esportivo.

 

Sim, desde que adotadas todas as medidas de distanciamento entre pessoas, uso de máscara de proteção facial durante o período em que não haja consumo e higienização previstas nos protocolos sanitários.

  • São permitidos somente os brinquedos individuais e coletivos passíveis de higienização antes/após cada uso (Ex. fliperamas, roda gigante, carrossel, gangorra, gira-gira, escorregador etc.).
  • É proibido o uso de brinquedos individuais ou coletivos para os quais não seja viável manter as medidas de higiene antes/após cada uso (Ex. brinquedos de tecido, massinha etc.) e o distanciamento, piscina de bolinhas, “brinquedão”, cama elástica etc.).
  • As crianças maiores de 2 anos devem utilizar máscara, com exceção dos casos especiais (Ex.: criança com espectro autista e/ou com Deficiência Intelectual).
  • Lembrando que devem ser adotadas todas as medidas de distanciamento, proteção e higienização previstas nos protocolos sanitários.